A Connectcom, uma das maiores empresas de tecnologia do país, anuncia um projeto de expansão de negócios com estratégia voltada a contratos de governo na Região Norte.

De acordo com Thiago Albuquerque, gerente de negócios da Connectcom, a empresa, que tem 25 anos no mercado e faturamento anual de cerca de R$ 150 milhões, prevê investimento inicial de R$ 3 milhões em força de vendas para gerar volume de negócios de R$ 18 milhões nos próximos anos.

O foco será a participação em concorrências públicas para prestação de serviços em órgãos públicos federais e estaduais. Todos os Estados da região fazem parte do projeto, mas Pará e Amazonas são os destaques. Atualmente, a Connectcom tem operações no Norte, por meio de contratos de âmbito nacional.

"A Região Norte, a exemplo do Brasil de uma forma geral, tem grandes desafios na área de tecnologia, seja em logística, em estrutura ou em capacitação profissional. Nossa proposta de expansão é participar de licitações na esfera federal e estadual e contribuir com soluções para esses desafios na área pública, o que repercutirá diretamente em um atendimento de mais qualidade à população", diz Albuquerque.

Inovação e Healthcare

Entre os principais serviços que serão oferecidos pela empresa, neste primeiro momento, estão soluções em service desk, cabeamento e data center, desenvolvimento e sustentação de sistemas e infraestrutura.

Serviços de inovação (como desenvolvimento ágil, automação de processos com RPA e Inteligência Artificial) e de Healthcare também estão no know-how da empresa. "Neste ano, a Connectcom adquiriu a Klink, startup especialista em processos inteligentes, em um negócio de R$ 19 milhões. Com isso, ampliou sua atuação em IA, Machine Learning e robotização já pensando nesta expansão regional", diz Albuquerque.

O primeiro passo desse projeto de expansão foi dado em 2020, quando a Connectcom anunciou a compra da Interaktiv, especialista no desenvolvimento de soluções eficientes para web e mobile com foco em hospitais, laboratórios e planos de saúde, reforçando sua atuação no segmento de saúde.

A empresa tem forte atuação em instituições públicas, como Caixa Econômica Federal, Banco Central do Brasil, BNDES, IBGE, Ministério da Saúde, ANP, Petrobras, CGU, STJ e TRT. Possui uma carteira de mais de 70 clientes de grande porte, a exemplo de Claro, PagSeguro, L’Óreal, Porto Seguro, Latam, Tecban, Hospital Oswaldo Cruz, Sharecare e Elo.