É fato que os data centers têm grande responsabilidade nas emissões de carbono global. Sendo assim, é vital que gestores transformem os princípios de sustentabilidade em ações efetivas no data center.

Para Fabiano Duarte, diretor de Infraestrutura Missão Crítica da Claro, é imprescindível que haja uma conscientização de que os recursos são limitados e por isso, os princípios de sustentabilidade devem fazer parte da cultura e do DNA das corporações.

“Definir um sponsor, estratégia, políticas corporativas e metas de sustentabilidade são ações chaves para sair da teoria à prática. Ser sustentável traz vantagem para o meio ambiente, sociedade e para os negócios”, avalia ele.

Eder Gallardo, Senior Consultant / Instructor do Uptime Institute, pontua que é vital que o gestor de data center tenha a medida exata do quanto a sua organização está posicionada em relação à Sustentabilidade e a partir daí, estabelecer e documentar a estratégia de sustentabilidade da companhia; com métricas e metas tanto para facilities quanto para as operações de TI.

“É preciso que haja uma equipe (comitê) responsável pela sustentabilidade precisa ser desenvolvida para se ter uma compreensão de como funciona a TI e como aumentar a eficiência de TI. Os profissionais de TI precisam entender o quão importante é o aumento da otimização de utilização dos equipamentos para se construir um histórico de sustentabilidade, ou seja, onde estão posicionados no cenário, onde desejam estar e o que fazer para atingir o objetivo de sustentabilidade definido para a organização, para atender às expectativas dos clientes e aos futuros requisitos governamentais e de sustentabilidade do setor”, detalha o Senior Consultant / Instructor do Uptime Institute.

Rogério Bruck, COO da Elea Digital, ressalta que dentro da busca por eficiência energética e na implantação dos princípios de sustentabilidade, o DCIM tem grande importância. “Não existe controle sem monitoração. A partir da evolução da monitoração, com uma base de informações consistente, o DCIM é essencial para facilitar modificações operacionais em qualquer momento buscando a continuidade da eficiência.

Fatores que permeiam a eficiência operacional do data center como controle, medição minuciosa dos recursos e do consumo principalmente de energia e água, serão analisados pelos especialistas dentro do conceito de a sustentabilidade ambiental no retorno do DCD>Connect a São Paulo, após a pandemia de Covid-19. O painel que tem como título: “Sustentabilidade: qual o papel dos Data Centers num futuro com a pegada zero de carbono?, será realizado presencialmente, no Hotel Transamérica, no dia 7 de novembro, às 17:00.